segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Como surgem as histórias



Ontem estava pensando em como surgem as ideias, ou mais particularmente como as ideias viram histórias. Tem vezes que alguma ideias simplesmente vagam nas nossas mentes, completamente desconexas, perdidas, irrelevantes. São apenas partículas de coisas legais, ou não, que um dia podem se encaixar de forma quase miraculosa e fechar um roteiro. Às vezes, é preciso apenas de um tilt mental, uma centelha, uma alavanca (podemos chamar de epifania?) e BAM! Tudo faz sentido de repente. 

Também tenho a impressão de que as histórias já estão lá prontas para serem descobertas, e quem sabe, trabalhas e retrabalhadas até se tornarem boas histórias; tudo o que é preciso é unir os pedaços. Como unimos um ponto no outro, aliás, é o que torna cada história particular. É a sua história, e ninguém poderia contar igual, como já dizia o mestre Neil Gaiman.

Eu sei que uma história tem futuro quando consigo visualizá-la claramente na cabeça, seja em forma de narrativa, seja em forma de quadrinhos... dependendo da minha intenção, já sei em que formato ela caberia melhor.

O mais curioso de tudo isso é que quanto mais quero criar uma história, mais ela parece fugir de mim, e às vezes, enquanto leio um livro, assisto algum filme ou coisa parecida, uma ideia simplesmente brota, e eu tenho uma vontade incontrolável de escrever. Por isso é tão importante manter as nossas mentes sempre em movimento, alimentando a nossa criatividade das formas mais diversas.
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. "O mais curioso de tudo isso é que quanto mais quero criar uma história, mais ela parece fugir de mim, e às vezes, enquanto leio um livro, assisto algum filme ou coisa parecida, uma ideia simplesmente brota, e eu tenho uma vontade incontrolável de escrever."
    Comigo é bem assim, também. rs
    O problema, no meu caso, é que essa vontade incontrolável de querer produzir um mangá, sobre essas ideias novas que brotam, me faz deixar deixar meio que de lado os mangás nos quais eu já estava produzindo, para trabalhar na nova ideia... =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil mesmo levar um projeto adiante, mas uma hora acontece, vc sente que precisa terminar =)

      Excluir
  2. Pois é, às vezes as histórias estão lá, escritas.

    ResponderExcluir
  3. O maior problema das pessoas criativas, e principalmente das que gostam de fazer histórias, é a procrastinação. Ter uma ideia ou criar alguma coisa todo ser humano tem a capacidade, mas organizar essas ideias para uma forma concreta é que a parte dificil e que ninguem gosta de fazer. Sempre há uma desculpa pra deixar para manhã, ou esperar a ideia maturar, hoje não dá tempo ou a aparece uma outra ideia mais legal pra procrastinar a atual. Posso dizer isso com convicção pois estou colhendo os frutos da burrice de escrever calhamaços de projetos e em 12 anos não ter finalizado nenhum hahaha. O jeito é botar a mão na massa, nas partes legais ou não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é fácil desistir quando as coisas ficam difíceis, mas também é uma questão de acreditar em si mesmo e acreditar na história, a ponto de que todo o sofrimento valha a pena ;)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...