quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Sobre o desejo secreto de que tudo seja real



Bom, eu tava aqui pensando, louca que sou, como seria legal se o Vidas virasse um Live Action...! Às vezes, tento imaginar meus personagens como se eles fossem pessoas de verdade, e, apesar de não ser uma imagem muito clara, dá uma sensacão engraçada, é como tornar real o mundo que criei. Sei que é loucura, e provavelmente eu seria fã-girl da minha própria história, mas poxa, a gente pode sonhar um pouco, né?

A imagem acima é uma prévia de algumas ~coisinhas~ que ando fazendo nas horas vagas. Ando tendo mais horas vagas do que gostaria. Não que eu não goste de trabalhar nos meus projetos, mas ao mesmo tempo, uma garota recém formada da faculdade, sem muita experiência, se pergunta quando a carreira vai realmente deslanchar e vão chover trabalhos, e quando terá grana o suficiente para investir em todas as coisas que gostaria sem sentir um enorme peso na consciência. Cara, você se vê com 23 anos, sem casa, sem carro (não exatamente por opção) e sem nada relevante construído, enquanto que seus pais na sua idade, estavam casando, cuidando das crianças e construindo uma casa no terreno recém comprado. Eu sei que as coisas mudaram. EU SEI. Mas é uma sensação de urgência estranha, porque eu não me sinto completamente independente, mesmo pagando minhas próprias contas agora (e só isso, basicamente), ainda é difícil. Blá, blá, blá, problemas da sociedade moderna, blá, blá...

Você cresce e tudo fica uma merda. Você começa a querer coisas que antes eram irrelevantes ou incabíveis. Eu poderia muito bem viver sem carro (apesar de gostar muito de sair dirigindo por aí e tenho um gosto particular por pegar estrada... e também não gastar mais de uma hora e meia pra ir e voltar do trabalho) e poderia viver com meus por mais um tempo, seeeem problemas! Mas aí essas coisas começam a te incomodar, você quer liberdade, um canto pra você, um canto com a sua cara, e você quer ir viajar, conhecer o mundo, pessoas diferentes. Você quer comandar sua vida e se vê nessa posição onde apenas pode ver um vislumbre de tudo isso. Então eu me sinto frustrada e me forço a ter mais paciência. Calma, tudo tem seu tempo. Só que cara, você estuda a vida inteira sob o pretexto de que sua vida vai começar quando você se formar e percebe que essas promessas já não cabem mais e que continuam como sempre foram: promessas. Nos formamos com pouca experiência de mercado, para ganhar muito pouco, e ainda temos que nos conformar, claro. Porque tudo mudou e fomos pegos no meio do caminho.

E assim, a vida segue.

Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Li o que você escreveu Mariana e achei super válido todo este dasabafo... Muitas coisas em seu texto se encaixam em mim.... Estou refletindo... talvez eu fique horas...

    ResponderExcluir
  2. E eu que sou pré-universitária....tenho tantos planos e desejos pro futuro...e me encontro em reflexões se serão realidades...

    Por que não fazer o Vidas virar realidade? hohohoh, seria legal uma brincadeira com os leitores fazendo uns videos hahahaha eu e as minhas ideias loucas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaahaha seria muito legal mas temo não ter nada pra produzir algo decente (principalmente os atores, né!!) e quanto a faculdade, relaxa que ainda tem tempo... muita coisa muda em 4 anos, e vc pode acabar querendo coisas diferentes ao longo do caminho! tem que manter em mente que sonhos são apenas isso: sonhos. para torná-los realidade temos que batalhar muito! só não eprca a vontade de lutar logo no começo e aproveita que os tempos de faculdade são os mais gostosos =)

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Poxa, chama aí uns amigos e faz pelo menos um trailer do live action! (Aquelas que acha divertido e quer que as pessoas façam). Vai que faz sucesso? :)

    Ah, eu também passo pela mesma coisa, com a diferença de que nem formada e nem estagiando/trabalhando estou. Não pago nem minhas contas, mó tristeza hahaha! :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você ainda não está formada, então não é tão ruim... aproveite enquanto pode! hahahaha ;)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...