sexta-feira, 28 de junho de 2013

Muitas coisas e mais uma prévia

Sabe uma coisa que sempre me deixa boba e emocionada? Quando as pessoas me surpreendem dizendo o quanto gostam da minha história, o quão as tocou, ou que chegaram a chorar no final. Às vezes, leio em comentários ou e-mails, mas talvez nada substitua a sensação de presenciar a expressão da pessoa ao dizer todas essas coisas, o quão real e intenso é esse sentimento. Me faz querer chorar também, lembrar das coisas que passei, dos momentos que vivi enquanto desenhava cada pedaço da história. Existem coisas que dificilmente os leitores conhecem sobre a construção de uma obra (as lágrimas que de fato derrubei durante todo o processo, não só pelo que escrevi mas por tudo que aquilo significava para mim)...

Quando pensei em fazer aquela side-story "hardcore"da Juno, cheguei a ouvir que o Vidas já "tinha dado", que eu deveria investir em novos projetos, mas aí me peguei dizendo "não adianta, eu tenho que fazer isso. Não sou eu que escolho minhas histórias, elas que me escolhem, e eu preciso tirar isso de mim". Eu não poderia definir de outra forma.

Quem acompanha o blog deve saber como é difícil seguir adiante, porque fazer quadrinhos não é só "fazer". Tem que editar, botar legendas, imprimir, levar pra evento, divulgar... Já passei por muitas coisas, mas nunca pensei em desistir. Por quê? Bem, eu acreditava tanto no que eu fazia, que não poderia parar só porque era difícil ou porque provavelmente "não chegaria a lugar nenhum". E precisamos estar sempre preparados para esta possibilidade. A vida está aí para me mostrar que para cada porta fechada tem uma janela aberta, que para cada "não" existe um "talvez" perdido pelo espaço, esperando para te encontrar e oferecer um "sim". Eu nunca fui, assim, uma pessoa paciente. Estou sempre lutando contra o tempo. Mas eu já fui tão, tão longe que eu nunca poderia imaginar estar onde estou. Eu estava preparada demais para o "lugar nenhum" que não tinha me tocado ainda... Eu fui muito além.

E, para terminar, mais uma prévia do que [talvez] se torne uma side-story de Vidas.



Comentários
12 Comentários

12 comentários:

  1. Essa sensação que você descreveu parece ser muito boa. Dizer que são as histórias que escolhem você é um modo bonito de ver a vida, em minha opinião. Eu estou ansiosa pelo o que está por vir! Eu espero grandes coisas!! Viiu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Quando disse aquilo nem tinha parado pra pensar, e depois que saiu, eu pensei "nossa, mas é isso mesmo"... espero poder dar uma bela notícia para todos, só vou esperar maaaais um pouquinho! Até eu ter certeza. xD

      Excluir
  2. Nossa.. Fiquei muito curioso... Eu quero muito que você continue o Vidas! *-----------------------------*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem sabe eu consiga fazer mais side-stories! =D

      Excluir
  3. Realmente, deve ser muito boa a sensação de ver alguém que foi tocado pelas suas histórias. E posso dizer que eu fui uma das que se encantou com Vidas, que se envolveu com as personagens e que quer ler mais coisas sobre elas XD!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Isso me incentiva a produzir mais coisas sobre o Vidas ^^

      Excluir
  4. Juno piromaníaca! Hhauehueaueh
    Ok, agora sério: muito bom que você se sinta realizada com o Vidas, porque nada é mais merecido. E se Vidas "já deu" para alguns, não importa, se "não deu" para você, é isso que importa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que eu não sei se "já deu" hahaha... uma fase já acabou, e eu achei que seria o fim mesmo, porque eu estava meio esgotada... but we never know ._.

      Excluir
  5. Cara... Sério. Todas as vezes que você escreve algo e eu leio, eu fico emocionada. Eu não sei explicar, tudo o que você diz parece tão poético e profundo, sabe... Adoro sua história, e sinceramente não acho que deveria parar; mas se bem que eu concordo que seria legal você postar novas histórias; não pra acabar com o Vidas Imperfeitas, mas só pra ganhar mais experiencia desenvolvendo mais histórias e com elas conquistando os corações de mais pessoas.
    Parabéns, amo o seu trabalho e te considero uma das melhores artistas da atualidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, assim você me deixa emocionada também! Estou dando um tempo para pensar mas em breve voltarei a produzir. Se não for o Vidas, alguma outra história (dentre tantas que eu imagino por aí) =)

      Excluir
  6. Posso dizer que o Vidas marcou minha vida...quando li, eu fiquei refletindo bastante, e reli tantas vezes...é incrível.
    Eu estava insatisfeita com os meus desenhos, fazia desenhos ao estilo mangá, quando li o Vidas eu disse: "É isso que eu quero!"...e literalmente, encarava cada quadro e observava o traço, e a partir dai comecei a desenhar todos os dias, agora é que eu estou feliz com meus desenhos.
    Além de me marcar no universo de quadrinhos...ler quadrinhos virou minha paixão, vou a livraria e a minha mãe reclama "Mas tu só leva quadrinhos, vai atrás de um livro!"....hahahaha...
    Enfim me acho capaz de realizar o meu desejo de criar meu próprio fanzine.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode apostar que isso faz toda diferença na vida de um autor! Eu gosto de saber que inspiro outras pessoas, da mesma forma que me inspiro por elas. Essa é a parte mais "bonita" de ser autor de histórias! =)
      Ah, e espero que continue desenhando e criando seus próprios fanzines. Assim que tiver algo, me mande! Ficaria muito feliz em ler ^^

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...